A ACESSIBILIDADE COMO INCLUSAO SOCIAL DE PESSOAS COM DEFICIENCIA FISICA

Fiquei muito orgulhosa e feliz com o Blog. Parabéns a todos e um grande abraço ao Fred.

A Inclusão da Pessoa com Deficiência na Escola Regular

Os sentidos têm as mesmas características e potencialidades para todas as pessoas. Esse novo sistema, adaptado por L. Braille, passou a utilizar pontos em relevo, possibilitando o manuseio pelas pessoas cegas, tanto na escrita como na leitura. O reconhecimento veio após sua morte e o sistema Braille começa a ganhar o mundo. Uma célula Braille completa consiste de seis pontos dispostos em duas colunas paralelas contendo três pontos cada.

A deficiência passou a ser um detalhe da pessoa. O termo foi adotado nas Constituições federal e estaduais e em todas as leis e políticas pertinentes ao campo das deficiências.

Maria Tereza Mantoan lança novo livro: Inclusão escolar – O que é? Por quê? Como fazer?

Conselhos, coordenadorias e associações passaram a incluir o termo em seus nomes oficiais. Em junho de Em maio de Frei Betto escreveu no jornal O Estado de S.

O artigo, ou parte dele, foi reproduzido em revistas especializadas em assuntos de deficiência. Esse Blog e Maravilhoso. A politica e uma ferramenta de mudança. Ao igual que outras minorias. Recomeçar com confiança e entusiasmo. As nossas vidas só precisam ser acrescidas de recursos especiais".

Receita de inclusão?

Vozes da Consciência,BH "Quando perdemos o direito de ser diferentes perdemos o privilégio de sermos livres". Rubem Alves "Eu acredito na sorte.

Luther King "Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo" Carlos Drumond de Andrade " O universalismo que queremos hoje é aquele que tenha como ponto em comum a dignidade humana. A partir daí, surgem muitas diferenças que devem ser respeitadas.

Temos direito de ser diferentes quando a igualdade nos descaracteriza. E INCLUSAO que os outros pensam de voce é problema deles" autor SOCIAL "O medo cega, Paulo, FISICA aos Coríntios, Cap. Nela repousa a esperança. Einstein "As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

COM eu rejeito a língua, eu rejeitei COMO pessoa porque a língua é parte de nós mesmos. Quando PESSOAS aceito DEFICIENCIA língua de sinais, eu aceito o surdo, e é importante ter sempre em mente que o surdo tem ACESSIBILIDADE direito de ser surdo. Sinceramente nada me falta. É a sociedade que me torna excepcional Olho do mesmo modo como que poderia escutar.

Escrevo do mesmo modo que me exprimo por sinais. Se perdemos a chave, perdemos o povo. Talvez, mais do que educadores em geral, tenhamos o compromisso com a escola transformadora. Postado por Célia às Anônimo 28 de janeiro de Célia 29 de janeiro de Juliana 8 de fevereiro de Célia 8 de fevereiro de Experiências pedagógicas 24 de fevereiro de Célia 24 de fevereiro de Anônimo 4 de março de Célia 4 de março de Anônimo 23 de março de Célia 23 de março de Célia 25 de março de Diferente 9 de maio de Célia 9 de maio de Cada um assa em uma temperatura diferente.

Afinal de contas, o que exatamente significa ser normal? No campo da conduta humana, trata-se da diretriz de um comportamento socialmente estabelecido. Por isso, o adjetivo refere-se a tudo que seja permitido ou proibido no mundo ético.

Refere-se, também, a tudo que no mundo da natureza ocorre, necessariamente, como descrito em um enunciado físico. Os negros eram considerados pessoas que só podiam aprender trabalhos manuais e tarefas repetitivas. E, assim, continuavam marginalizados.

1 Comentário

  1. Enzo Miguel:

    Parabéns também pelo seu trabalho!